18 de mai de 2010

Novo sorteio: "Histórias de Família - entre a Itália e o Brasil"

Sobre a obra:
“Este trabalho recupera um tema clássico dos estudos de história e de história da memória: a trajetória de famílias que, em determinado momento de suas vidas e da vida de seus países, empreenderam a aventura da imigração entre dois mundos(...). 

No velho mundo, a origem dos imigrantes é a Itália, um dos países que, desde meados do século XIX, abastecia com seus homens pobres as massas migratórias que se dirigiam tanto para a América do Norte, quanto para a do Sul. No novo mundo, o destino aqui enfocado é o Brasil.(...)

Cerca de um milhão e meio de pessoas desta nacionalidade chegaram ao Brasil, o que se não é um número tão expressivo, se comparado às levas que chegaram aos EUA e à Argentina, também não é pouco, quando pensamos que a população da cidade do Rio de Janeiro, a maior do país, em 1940, era de aproximadamente um milhão e setecentos mil habitantes. A reflexão não se volta para esses imigrantes, que se dirigiram predominantemente para São Paulo e para os estados do sul (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná), sendo constrangidos, induzidos ou mesmo procurando, por livre escolha, uma localização na zona rural do novo país.

O objetivo aqui é observar os imigrantes italianos que vieram após este período e sob outras circunstâncias e dificuldades, assinaladas basicamente pelo final da Segunda Guerra Mundial, com seus desdobramentos econômicos e políticos, tanto para a Itália, quanto para o Brasil.(...)

Embora já existissem projetos de assentamento de colonos italianos em área rural, o fluxo pós-Segunda Guerra esteve marcado, desde o início, pela expectativa de uma luta que se faria no ambiente, também pouco hospitaleiro, de algumas cidades do Brasil. Entre elas é que se encontra Niterói, na época a capital do estado do Rio de Janeiro, e vizinha da cidade do Rio de Janeiro, o então Distrito Federal.

 Em segundo lugar, como já se anuncia claramente, trabalhar com um grupo de famílias imigrantes numa cidade de médio porte, como Niterói, é uma estratégia para se tratar de questões mais gerais da imigração no período e também para se abordar a dinâmica da imigração italiana (...) tendo o Rio de Janeiro como porto de entrada.(...)

Ao todo, foram selecionadas oito famílias – Chinelli, Ciamberela, Polizzo, Figlino, Mônaco, Petraglia, Vanni e Andreoli -,que não pretendem constituir uma amostra quantitativa da comunidade, mas sim fornecer um perfil de trajetórias que contemplem temáticas ligadas às condições da imigração no pós-guerra.(...)

Em alguns dos casos, foi possível realizar entrevistas com mais de um membro de uma família, mas em outros isto não ocorreu, procurando-se, então, um depoimento mais longo e estratégico para a reconstrução da narrativa do grupo familiar.(...)

Niterói é hoje uma cidade que passa por uma notável experiência cuja raiz nos remete ao poder e à força da memória e do patrimônio cultural. Escondida, como reza o nome, na entrada da baía de Guanabara e ofuscada pelo brilho da cidade vizinha, por tanto tempo capital federal, Niterói parece estar agora se mostrando ao país e até ao mundo, através de praticamente uma só imagem-monumento: o Museu de Arte Contemporânea, o MAC, projetado com a simplicidade característica dos muito competentes, no caso, o arquiteto Oscar Nyemeyer.(...)

Uma vez no Brasil, no Rio ou em Niterói, esses imigrantes italianos enfrentavam com solidariedade familiar e comunitária inúmeros problemas, entre os quais dois se destacavam: o da moradia e o do trabalho.(...) 

Assim, a experiência da imigração, a família, o trabalho, a cidade e as associações povoam os depoimentos que, em sua linguagem coloquial – simples, mas profunda – exprimem a história da memória dos italianos em Niterói. É uma bonita história de aventuras e de sentimentos. E é para conhecer essa história que convidamos o leitor.”

Sobre a autora: Angela de Castro Gomes, a autora, é Titular de História do Brasil da UFF e Pesquisadora do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas.

Dados da obra:
ISBN: 85-85483-77-6
Páginas: 312
Formato: 14x21cm
Preço de capa: R$20,00
Desconto para livrarias: 40%
Pedidos, dúvidas e sugestões escreva para: editora.muiraquita@gmail.com


Para participar do sorteio basta ser seguidor do blog, ser residente no Brasil, responder neste post a seguinte frase: Quero ganhar o livro Histórias de Família entre a Itália e o Brasil e preencher o formulário.
O sorteio será no dia 31 de maio de 2010


Multiplique sua chance de ganhar, divulgue o sorteio no seu blog e no twitter.