6 de nov de 2010

A Genealogia do Piano - release do livro e dos autores


A GENEALOGIA DO PIANO  
Autores: Licia Lucas e Marne Serrano Caldera

Ed. Muiraquitã 
ISBN 978-85-7543-105-4 
256 páginas 
Formato 16x23cm; (acompanha 1 CD)
Sobrecapa colorida, ilustrada no verso, em PB,com a principal árvore genealógica que liga os célebres mestres da escola pianística mundial.

Preço de capa: R$60,00  (desconto especial p/ livrarias)

Encontra-se nas livrarias:
Livraria Cultura (Av. Paulista)
Livraria Cultura (Brasília)
Livraria Cultura (Recife)
Livraria Cultura (Fortaleza)
Livraria Gutemberg (Niterói) 

Se preferir receber em casa - via correio - peça por e-mail: editora.muiraquita@gmail.com

O desenvolvimento das escolas pianísticas no mundo
O desenvolvimento da música está profundamente atrelado à invenção do piano pelo italiano Bartolomeo Cristofori, no século XVIII. Paralelamente ao desenvolvimento do instrumento, também foi desenvolvida sua própria técnica de execução e nasceram então as escolas pianísticas no mundo. A obra apresenta essas escolas pianísticas através dos grandes pianistas e legendários professores, desde Mozart, Clementi, Beethoven, passando por Czerny, Liszt, Thalberg, Leschetizky, Anton Rubinstein, Chopin... até nossos dias.
O livro segue a Genealogia, que permite conhecer as correntes da execução pianística, identificando as principais características de cada escola através de seus líderes, mediante árvores genealógicas com ramificação cronológica.
São 13 as árvores genealógicas e uma árvore genealógica global, as quais sintetizam as tendências das escolas pianísticas no mundo no que se refere à técnica, tradição e interpretação, com uma abordagem de síntese entre a técnica e a interpretação.

São apresentadas as escolas pianísticas na Europa (Alemanha, Áustria, França, Hungria, Polônia, Espanha, Portugal, Inglaterra, Rússia, Itália), Oriente, Estados Unidos, Canadá e América Latina, com destaque especial para o Brasil.

O CD que acompanha o livro ilustra seu conteúdo com gravações realizadas em renomadas salas e com prestigiosas orquestras. 

Sobre os autores da obra:
LICIA LUCAS
Pianista e concertista internacional, nascida no Brasil, em Itu, São Paulo. Começou os estudos de piano em família com Nayl Cavalcante Lucas e Neida Cavalcante Montarroyos, diplomando-se na Escola Nacional de Música. No Brasil estudou com Homero Magalhães, discípulo de Alfred Cortot e na Itália, no Conservatório de Santa Cecília de Roma com Vincenzo Vitale, descendente artístico de Thalberg e de Cesi, este último que, a convite de Anton Rubinstein, foi Diretor da escola pianística do Conservatório de São Petersburgo. Sua educação musical foi aperfeiçoada com Bruno Seidlhofer e Hans Graf da escola vienense, bem como no Mozarteum de Salzburg com Renzo Silvestri.
Iniciou sua carreira ao ganhar o primeiro lugar no Concurso para solistas da Orquestra Sinfônica Brasileira e conquistando na Itália Medalha de Ouro no Concurso Internacional de Vercelli, concedida por Arturo Benedetti Michelangeli, sendo a mais jovem de todos os concorrentes. Desde então tem-se apresentado com mais de 50 orquestras sinfônicas da Europa, Estados Unidos e América Latina.
Na Rússia, em 2003, atuou como solista convidada da Orquestra do Teatro da Ópera e do Ballet do Conservatório de São Petesburgo.
Durante quatro anos, Licia Lucas foi Coordenadora do Departamento de Música Clássica do Ministério da Cultura da Nicarágua e Chefe da Cátedra de Piano da Escola Nacional de Música de Manágua.
No Brasil, Licia Lucas desenvolve intensa atividade pedagógica, é membro Titular da Academia Nacional de Música e membro do Comité D’Honneur da Fundação João de Souza Lima.

MARNE SERRANO CALDERA
Doutor em Engenharia Eletrônica pela Universidade de Roma e MSc. em Telecomunicações pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) de São José dos Campos, onde implementou numerosos projetos, entre os quais a estação brasileira para o satélite ERTS de recursos terrestres, que foi apresentado e realizado em colaboração com a NASA (Administração do Espaço e Aeronáutica dos Estados Unidos).
Vem desenvolvendo projetos de engenharia acústica.  Desde 1974 exerce atividades de Agenciamento Artístico de Produção Cultural, acompanhando e supervisionando o processo de produção de gravações de música clássica. Sua atividade técnica e no setor musical se realiza em mais de 20 países.


Contatos: